Carbon Disclosure Project

A Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) tornou-se signatária da Carbon Disclosure Project (CDP), nomeadamente dos seus programas de Alterações Climáticas, Água  e Florestas e da sua iniciativa Carbon Action, que visam a preservação dos recursos naturais e a redução do impacto que as empresas têm sobre o meio ambiente. A FCG juntou-se assim a outras 822 instituições, incluindo bancos, gestores de investimento, fundos de pensões, seguradoras, investidores de private equity, investidores imobiliários e fundações que se preocupam em abordar as empresas sobre os desafios estruturais fundamentais provocados pelas alterações climáticas e pela escassez de recursos naturais.

CDP é uma organização internacional, sem fins lucrativos que fornece o único sistema global para as empresas e as cidades medirem, reportarem, gerirem e partilharem informação ambiental sensível. A CDP trabalha com um mercado global representativo, que inclui 822 investidores institucionais com um ativo total de 95 biliões de USD, para motivar as empresas a reportar os seus impactos no ambiente e nos recursos naturais e a tomar medidas para a sua redução. Atualmente detém a maior base de dados do mundo sobre alterações climáticas, consumo de água e risco de desflorestação e incorpora essa informação no seio das estratégias de negócio, de investimentos e de decisões políticas. Os investidores signatários da CDP têm acesso gratuito a esta informação. 

Updated on 26 outubro 2016